Trocar alhos por bugalhos: O último reduto dos fanáticos governistas...

on sábado, 3 de janeiro de 2015
Recentemente uma chuva de comentários sobre os eventuais problemas da aparência de Dilma Roussef tomou conta das rodas de amigos e redes sociais, algo inútil/tosco mas até que esperado... Porém, eu não imaginava nem no meu pior delírio que os governistas (essa seita com todos os requintes daquelas que o líder no fim pede para todos se matarem e que já tratamos diversas vezes por aqui) usariam isso como trincheira apelando pra um suposto feminismo (termo esse que de tão mal usado se tornou não vulgar e distorcido até pelos supostos seguidores quanto os termos esquerda e socialismo)... Vou citar a matéria que considerei bem emblemática desta visão:

http://www.revistaforum.com.br/questaodegenero/2015/01/02/minha-avo-e-magra-fashion-e-perfeita/

É bem verdade que Dilma e o PT são criticados em tudo, até mesmo quando eles não precisam ser criticados (algo cada vez mais raro), mas a explicação é exatamente essa: É o PT... Aliás, já virou piada o dizer que algo é "culpa do PT" (não pelo PT ser isento de culpa como sonhariam os governistas).

Porém, como o objetivo é tentar abafar as críticas contra o governo que tem demonstrado uma face muito mais neoliberal do que aquela do seu rival tucano, é necessário despolitizar até as críticas mais despolitizadas... Ao invés de rebater que a beleza não conta para a capacidade, ou até defenderem que ela seja bela (sempre tem um chinelo velho para um pé cansado), tentam apelar para uma forma vulgar e mentirosa de argumentum ad hominem (aquela falácia em que se ataca o argumentador e não o argumento) e berram: MACHISTAS! MISÓGINOS!

A crítica infantil conseguiu uma resposta ainda mais infantil... Apelar para um falso feminismo...



Não crianças, a Dilma não está sendo atacada por ser mulher... Já esqueceram que o Lula era o bebum burro que não sabia falar?

"Ahhh mas não falaram isso dos presidentes homens"
MENTIRA! Jânio Quadros foi vítima constante da patrulha da moda (quem nunca ouviu falar disso dê uma olhada no Sr. Google ou procure pessoas que viveram a época e se lembram de algo sobre), o mesmo ocorreu com Joschka Fischer na Alemanha quando foi assumir o cargo de secretário no primeiro governo da coalização Social-Democrata/Verde... Até hoje o ex-governador Sérgio Cabral e sua turma são lembrados do escândalo de estarem usando guardanapos na cabeça em Paris...



Mas, mesmo que não houvessem tantos exemplos de políticos homens censurados por roupas consideradas impróprias da elegância que se espera de um político, ainda haveria uma outra questão:
Homens não tem opção de roupa formal, apenas ternos que são difíceis de serem distinguidos, sendo assim é mais difícil ser criticado com uma roupa tão uniforme... E mesmo assim como já vimos existiram e existem essas críticas!

A grande verdade é que nossa sociedade (e seus indivíduos também) são obcecados pela beleza (ou pelo menos por um certo padrão de beleza). Em geral as pessoas mais belas (ou mais adaptadas a certo padrão de beleza) não são as que apenas despertam mais desejos sexuais, mas também são as que em geral colecionam mais "amizades" (coloquei entre aspas para não entrar no mérito se é de fato amizade sincera ou não), mais oportunidades de emprego, etc.  Eu sou um homem de cabelos grandes, algo que apesar de não ser mais tão chocante ainda é complicado em nossa sociedade, não raras vezes sofri discriminação no mercado de trabalho por isso... Afinal, homem de cabelo grande ainda é um moleque revoltado com o mundo e desleixado consigo mesmo... Vou chorar por isso? Não! Vou correr atrás e questionar a própria sociedade da beleza...

Infelizmente, por mais que seja necessário sempre combatermos as discriminações, os preconceitos são parte da natureza humana... Todos os seres humanos sentem ou sofrem algum tipo de preconceito, ou você não acha que em geral a galera da esquerda pensa que quem é de direita quer fazer o mundo voltar pra idade média (se não pra idade da pedra) e quem é de direita tende a achar que a galera da esquerda é um bando de pervertidos que querem roubar o que é dos outros e acabar com qualquer nível de civilização e decência?

Enfim... Só lamento que algumas pessoas de boa fé estejam caindo no conto do operário e não percebam que: 1) Isso é só armação pra tentar despolitizar o debate político e blindar o governo taxando qualquer crítica de reacionária ou algo do tipo. 2) De tanto ouvir os reacionários como Bolsonaro falarem que tudo é machismo ou qualquer coisa do tipo, os próprios críticos deles estão adotando esse discurso e de fato levando tudo para o campo do preconceito contra as minorias... (e pensar que em geral essas pessoas supostamente são marxistas e como tal deveriam lembrar mais da luta de classes como motor da história).

Se alguém tem dúvidas que os políticos de ambos os sexos são vítimas de comentários sobre sua aparência, basta ver esta charge para ter esta dúvida dissipada.

2 comentários:

Thiago Wasserman disse...

Cara, muito legal!
Primeira vez que venho em seu blog concordar hahaha...digo concordar, não porque você estava errado em outras questões, quem sou eu pra dizer que você estava errado, eu tenho minhas convicções e você as suas, mas é porque realmente convergimos nesse ponto.

Agora vamos ao que interessa:

Realmente cara, apesar de todas as discordâncias políticas, econômicas e sociais presentes na sociedade, isso é algo que não devemos nos preocupar, pois a transgressão é o que nos leva à evolução. O que me incomoda mesmo é minimizar o debate sempre aos rótulos (Esquerda e Direita). As pessoas têm preguiça de se informar e preferem mostrar por vaidade como entendem do assunto e querem dar pitacos sem se quer entrar no nível técnico das questões, querem só nivelar geral pelos rótulos e definir as soluções através de dogmas.

Conclusão disso tudo é que o governo continua nos roubando enquanto nós defendemos nossos supostos representantes nessa batalha imatura e inútil entre Direita e Esquerda.

Morôni Azevedo de Vasconcellos disse...

hehehe pois é Thiago, bem como você falou...

E sobre nossas discordância, extremamente saudáveis, são elas que permitem a evolução das pessoas através do debate sadio...

Postar um comentário